A paixão pela arte não conhece fronteiras, e menos ainda quando está a um clique de distância. O mercado online de arte deu um passo em frente em 2015, crescendo 24% e gerando um volume de transações no valor de 3.270 milhões de dólares em todo o mundo. O estudo "O Mercado Online de Arte", realizado anualmente pela Hiscox, seguradora especializada em arte, indica que a rápida mudança de hábitos de compra dos consumidores de arte continuará a impulsionar o crescimento nos próximos anos. A este ritmo deverá triplicar de volume em 2020, alcançando valores superiores a 9.500 milhões de dólares.

Em 2015, quase metade (49%) dos consumidores de arte inquiridos tinham feito pelo menos uma compra online, em comparação com 39% em 2014. De acordo com o estudo da Hiscox, tem aumentado o número de clientes que preferem a Internet. 92% dos inquiridos dizem que vão adquirir, pelo menos, a mesma quantidade de obras ou mais nos próximos 12 meses.

Os Millennials ou Geração Y tornaram-se alvo das novas plataformas online de arte, bem como das casas de leilões tradicionais e galerias que optaram pelo setor online. 19% dos compradores entre 18 e 35 anos afirmam ter feito a sua primeira aquisição na arte na Internet, quando há um ano eram apenas 9%.
Tendências e reticências da Geração Y.

Entre as razões para comprar arte, 92% dos casos destacam o fator emocional. 57% dizem que o fazem como investimento, enquanto que 44% afirmaram estar relacionado com o status. Por fim, a componente social é destacada por 39% dos membros de Geração Y.

Os Millennials destacam-se como sendo os mais influenciados pelas redes sociais na compra de arte. 42% reconhecem que as redes sociais desempenham um papel importante na decisão final, enquanto a média mundial é de 31%. Em relação às tendências de compra dos Millennials, o estudo Hiscox destaca que 81% compra Arte; 61% Artes Decorativas; 48% Joias; 35% Antiguidades; e 23% Vinho. O mercado online de arte não é alheio à importância crescente dos dispositivos móveis. 37% do tráfego das principais plataformas de venda de arte online vêm de dispositivos móveis e estes por sua vez são a fonte, em média, de 22% das vendas, chegando a ser superior a 40% em alguns casos.

Embora os Millennials estejam na agenda das estratégias de marketing das plataformas online de arte e casas de leilões, a verdade é que a geração dos Baby Boomers é ainda, de longe, a maior consumidora. Cerca de 85% dos compradores com mais de 60 anos investem mais de 12.000 euros por ano na compra online de arte, em comparação com 20% dos Millennials. Os chamados Baby Boomers também compraram com maior frequência. Cerca de 70% esperam realizar uma nova compra dentro de um ano, em comparação com 60% dos Millennials. E na hora de comprar online, são tão ativos como estes.

De acordo com Rui Ferraz, responsável da divisão de Arte da Hiscox Espanha, "embora o público mais maduro seja o que mais gasta, por razões óbvias, o setor está a começar a perceber a importância da Geração Y, que funcionam muito melhor na Internet e que reclamam um tipo de produto e de atenção distintos. Isto fará com que as plataformas de vendas e as galerias tenham de adaptar rapidamente o seu serviço a um gosto e a uma maneira de se relacionar que não são tradicionais no setor da arte."

Outros dados interessantes
• 13% dos compradores fizeram suas compras através de dispositivos móveis, contra apenas 4% há dois anos atrás. No caso da Geração Y, a percentagem é ligeiramente mais elevada, 16%.
• 41% dos compradores optou em 2016 por uma plataforma de marketplace, em comparação com 21% em 2015. Em 2016, 37% compraram em sites de leilões online, em comparação com 23% em 2015.
• A plataforma de venda online Christie’s está em 1º lugar no ranking, enquanto a Sotheby’s está listada em 4º lugar, a par com os principais concorrentes puramente online: Artnet, Artsy, Paddle8 e Auctionata.
• As galerias tradicionais tentam adaptar-se gradualmente. 28% total já oferece aos seus clientes a possibilidade de comprar e pagar online, em comparação com 22% em 2013.
Para mais informações faça o download do estudo completo aqui:
Ler o relatório completo
Mais sobre o Seguro de Arte Hiscox em Portugal


Pontos a destacar:

  • Vendas anuais superiores a 3.000 milhões de dólares.
  • A 4ª edição do estudo prevê que o setor triplique o seu volume de vendas até aos 9.580 milhões de dólares em 2020.
  • Tendências de compra dos Millennials: 81% compram Arte; 61% Artes Decorativas; Joias 48%; Antiguidades 35%; e 23% Vinho.

Estudo Hiscox sobre Comércio Online de Arte 2016.











Event Calendar

September 2017
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
No Image
09:30
A Câmara de Comércio Luso-Britânica promove o evento “Lift Off – Entrepreneurs Launch Workshop”, que terá lugar em Braga, no dia 19 de Setembro, nas recuperadas instalações da GNR [...]
Already registered: 2
Date :  Tuesday, 19 September 2017
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
No Image
08:30
Mais informação por email para h.fernandes@bpcc.pt ou Efetue o download do Programa e Ficha de Inscrição  
Date :  Saturday, 30 September 2017

Featured Member

Useful Information

Copyright 2014 - British-Portuguese Chamber of Commerce, Portugal | Desenvolvido por microeuropa 2014